Inveja e olho gordo realmente existem?

Evolução Humana

Será que você realmente precisa se proteger da inveja? Ou, ao contrário, você pode usá-la a seu favor?

Será que a inveja e olho gordo existem? E, se sim, como fazer para afastá-los e blindar o nosso caminho para que eles não se tornem obstáculos?

Saiba que você pode estar encarando esses sentimentos da maneira errada. E, justamente por isso, se sente preso e não consegue evoluir.

Siga com a leitura desse post e entenda melhor como lidar com a inveja e o olho gordo, sem prejudicar os seus objetivos!

Estamos em um plano dual

A inveja e o olho gordo são campos de energia, assim como tudo na vida. Você é energia, seus amigos são energia, os objetos materiais e a natureza são energia. 

Dessa forma, toda vez que pensamento em algo e sentimos, emitimos uma frequência para o mundo. E assim como existem frequências de amor, há as de inveja e olho gordo. Afinal, não é só porque esses sentimentos são negativos que eles podem ser abafados e ignorados.

Pense que estamos em um plano dual, pois o planeta Terra é dual. Então, sempre vão existir as polaridades negativas e positivas. 

Você pode perceber essa dualidade na própria natureza. O fogo, por exemplo, ao mesmo tempo que nos aquece e cozinha os alimentos, também queima e destrói. É uma dualidade natural que faz parte do processo evolutivo do próprio planeta.

A energia realmente é negativa?

Com isso, essas energias semelhantes e contrárias, como chamamos aqui na escola, na verdade não são tão negativas e ruins assim. Tudo vai depender da ótica com que você as enxerga.

Se vemos o olho gordo e a inveja sempre como algo negativo, eles sempre vão jogar contra nós.

Agora, se você compreender que essas energias são normais e fazem parte do processo evolutivo da natureza, vai ficar tudo bem.

Pense que, quando começamos a nos destacar e a ter sucesso, é normal que as pessoas, até quem não conhecemos, emitam a energia de inveja. 

Só que a inveja, às vezes, não é um processo consciente da outra pessoa. Afinal, ela aparece quando alguém pensa “gostaria de ser aquela pessoa!”.

A maioria das pessoas que emite esse tipo de energia, então, o faz de forma inconsciente, sem perceber.

Você realmente precisa se proteger da inveja?

A grande dúvida então é: como me protejo da inveja?

Saiba que quando você começa a pensar e a focar nisso, você fica muito conectado em um campo negativo. Dessa forma, você se torna parte desse campo. 

A grande questão, então, é parar de julgar as pessoas que “invejam”, pois provavelmente elas nem se deram conta disso. E também parar de entrar nesse campo energético negativo para que VOCÊ não entre em sintonia com a inveja.

Tudo bem você querer se proteger para não atrair esse tipo de campo, mas pare de se preocupar com a inveja. Quanto mais você se preocupar com ela, mais se desviará de seus objetivos.

O princípio do desvio

O princípio do desvio acontece justamente quando você se preocupa muito com o que as outras pessoas estão pensando.

A inveja, então, é apenas uma energia que faz parte do processo, é natural. Tudo precisa existir para o equilíbrio do planeta.

Se você está sofrendo muito com a inveja dos outros, é porque você está muito preocupado com o que os outros estão pensando sobre você.

Essa energia contrária, inclusive, pode ser benéfica para você. Afinal, ela costuma aparecer para incomodar e nos tirar da zona de conforto. Dar aquela “cutucada” para que acordemos e, assim, possamos dar a volta por cima.

É tudo uma questão de ótica! Portanto, a inveja pode vir justamente para te ajudar.

Pare de confirmar o campo negativo e se fortaleça! Assim, não importará o que vier em sua direção, pois você sempre estará na vibração da alegria, do amor e da positividade!

Juliana Niza

Sobre Juliana Niza

Treinada pelo Mestre Jairo por 2 anos, Juliana é CEO da Escola PRM, escritora, empresária, palestrante, mental Coach, PRM Coach e criadora do Programa Mulher Maravilha.

Ver todos os posts
Menu
WhatsApp chat